terça-feira, 24 de agosto de 2010

Uso de Imagem de Satélite em Sala de Aula_Dr. Régis Lahm

Dando continuidade ao tema escolhido na enquete, entrevistamos o Geógrafo, Mestre em Sensoriamento Remoto e Doutor em Engenharia de recursos hídricos IPH, ambos pela UFRGS. Atualmente é professor e pesquisador do Instituto do Meio Ambiente da PUCRS, onde desenvolve pesquisa de monitoramento de vazamento de CO2 através de sensoriamento remoto em campos petrolíferos. Agradecemos pela entrevista, e logo após, deixe seusa comentários.

PPEG - A utilização do Sensoriamento Remoto contribui ao ensinar/identificar os biomas e os ecossistemas, assim como envolvendo em outros conteúdos, a conscientização e preservação do meio ambiente, em todas as séries?(confira o artigo no final da entrevista: O Sensoriamento Remoto como recurso para o estudo da Ecologia na Educação Científica e Tecnológica)

Professor Regis Lahm - Evidentemente que sim, o uso de imagens orbitais é de sua importância para alunos do ensino fundamental e médio, desmistifica a idéia de que uma tecnologia de ponta não pode ser usada em sala de aula.

PPEG - Qual a sugestão de plano de aula poderia fornecer aos visitantes usando imagem de satélite?

Professor Regis Lahm - Como sugestão, posso citar um capítulo de livro, que sou co-autor, que versa sobre isto cujo título é “integração entre experimentos de ecologia no museu e o sensoriamento remoto em sala de aula” Livro Museu Interativo - Á educação em ciências e matemática. Meu capítulo está nas páginas 93 a 99. Livro organizado por Regina Maria Rabello Borges e Valerez Marina do Rosário Lima – Ed EDIPUCRS 201

O título do texto mencionado na entrevista, encontrado nas páginas 93 a 99 é: Integração entre experimentos de ecologia no Museu e o Sensoriamento Remoto em Sala de Aula.

2 comentários:

  1. Kátia kellem da Rosa24 de agosto de 2010 20:00

    A divulgação destas práticas é muito importante para a formação dos professores de geografia, uma forma de repensar o ensino. Quanto a análise ambiental, o uso paralelo e integrado de fotografias aéreas e imagens satélites de diferentes anos possibilita uma série de análises, tais como as alterações ocorridas no meio ambiente em virtude da ação humana. O uso das geotecnologias é imprescindível em sala de aula e deve ser uma ferramenta para o monitoramento de mudanças ambientais.

    ResponderExcluir
  2. Bem, primeiro gostaria de parabenizá-las pela discussão a respeito do tema.
    Em 2004, pouco depois de entrar no curso de geografia da UFPA e vindo do curso técnico de geodésia e cartografia, escrevi, junto com alguns amigos, uma proposta de cartilha de uso dessa ferramenta para o ensino. O artigo foi apresentado no VI CBG em Goiânia e pode ser encontrado em minha pagina pessoal.
    Link: http://geotecnologias.wordpress.com/2008/02/19/artigo-vi-cbg-2004/

    Esse tema é muito bacana e merece um espaço em nossos estudos.

    ResponderExcluir